Leigos Missionários Combonianos

Encontro do grupo CLM em Nürnberg de 3 a 5 de maio

CLM Germany
CLM Germany

Neste encontro ficamos felizes com a presença de Thomas Mecha, que trabalho até 2018 como agente da AGEH em Burundi na diocese de Bururi no campo do desenvolvimento da paz. La existem mas de que 2.000 comités na base que trabalham na mediação e arbitragem de conflitos de terra e de famílias – isso é um potencial enorme!! O relatório de Thomas e a discussão depois eram muito interessante e inspirativo por nós e nosso trabalho de construção de pontes da paz.

Alem disso trabalhamos o logotipo de LMC internacional, recebemos informações de outros grupos LMC e decidimos umas atividades mensais para melhorar a comunicação.

Bonito foi o reencontro com a equipe coordenadora da Província (que também se encontrou) e com o P Juan Goicochea de Peru.

Obrigada para Thomas, irmão Hans, Padre Günther e a comunidade de Nürnberg!

LMC Alemánia

Retiro de Páscoa LMC

LMC Portugal

Nos passados dias 6 e 7 de Abril tivemos em Viseu o retiro da Quaresma, orientado pelo Pe. José Vieira. Começámos a manhã a escutar uma música da Aline Barros, chamada Renova-me Senhor Jesus, para começarmos a entrar no espírito de retiro. Este momento de paragem, de criar espaços vazios para escutar Jesus e fazê-lo habitar o mais íntimo do nosso ser. O momento da manhã teve por tema “a missão: santos e capazes”, como pede Comboni, e teve uma pequena introdução pelo Pe. José Vieira, como linhas orientadoras para um momento seguinte de reflexão e oração individual. Tivemos alguns pontos da Gaudete et exultate do Papa Francisco para nos ajudarem a ver a nossa missão em Cristo e que forma devemos ser santos e missionários em todas as componentes da nossa vida. “Sede Santos porque Deus é Santo”. Ganhar este entendimento, esta perceção no coração de uma vida unida a Deus, em que nos deixamos modular por Ele e assim caminhar para a Santidade. Fizemos depois a via sacra guiados pelo Evangelho e por Daniel Comboni, que nos levou a reviver as últimas horas de Jesus, tendo presentes aqueles em quem Ele continua a sofrer hoje em Moçambique, Malawi, Sudão do Sul, República Centro-africana e em tantos outros lugares.

Durante a tarde refletimos sobre o tema “coração missionário”, novamente com uma pequena introdução do Pe. José Vieira antes da nossa reflexão e oração individual. Este tema surge porque o coração é o verdadeiro destinatário da missão. Assim, não podemos fugir ao nosso coração, daí ser muito importante percebermos o que o faz palpitar. Para nos ajudar na reflexão, pudemos meditar sobre vários pontos dos escritos de Comboni onde surge a palavra coração. É curioso sabermos que esta palavra surge mais de mil vezes nos escritos de Comboni, torna-se também um sinal da importância do coração na missão e no missionário.

Foco aqui três citações que marcaram a minha reflexão:

  • “Nós os quatro formamos um só coração, uma só alma. Cada um esforça-se por fazer bem aos outros.” – Escrito 1507 – Vejo-o neste sentido de comunidade, de união num só coração.
  • “O coração de Jesus seja o nosso centro de comunicação” – Escrito 4764 – Vi este escrito muito ligada à reflexão da manhã, esta união com Jesus Cristo que se torna no nosso centro de comunicação uns para com os outros e que nos encaminha para a santidade.
  • “Quando se tem a plena certeza de estar a fazer a vontade de Deus, todo o sacrifício, todas as cruzes e a própria morte são o mais doce conforto dos nossos corações.”- Escrito 3683 – Ressoa em mim a busca que tenho feito para encontrar esta vontade de Deus para mim, esta certeza plena do caminho a seguir. Levantou-me dúvidas e inquietações que pude rezar e entregar ao Senhor neste retiro.

Ao final da tarde, tivemos a celebração penitencial, que nos ajudou a renovar os nossos corações arrependidos e a revermos aquilo que nos afasta de Deus e do seu Amor. À noite, fizemos uma Lectio Divina com adoração do Santíssimo, com base no Evangelho de Domingo, da mulher adúltera. Foi um momento de abrirmos os nossos corações plenamente perante Jesus Cristo ali presente e de meditarmos a palavra e aquilo que nos falava, a cada um, com as nossas vidas e as nossas dificuldades. Foi para mim uma partilha bonita e um encontro verdadeiro com Cristo.

Na manhã de domingo meditámos, com base na mensagem do Papa Francisco para esta Quaresma, sobre escutar o clamor dos pobres e o clamor da terra. Olhando para os problemas ambientais e olhar para esta quaresma numa forma de conversão plena, não só nas nossas ações para com os outros, mas também pelas nossas atitudes para com a obra da Criação “que se encontra em expectativa ansiosa, aguardando a revelação dos filhos de Deus” (Rm 8, 19).

E terminámos o nosso encontro com a Eucaristia, um momento de alegria e comunhão fraterna.

LMC Portugal

Para mim foi muito importante e muito bom poder viver este retiro. Ajudou-me a parar, a desacelerar e a quebrar as rotinas desta vida tão cheia de preocupações e trabalho. Ajudou-me a encontrar-me com Jesus Cristo, a olhar a sua cruz, a escutar o que fala ao meu coração. Ajudou-me a tranquilizar receios e dúvidas que tantas vezes agitam o meu coração, na certeza de que quando caminho com Ele, tudo faz sentido. Ana Sousa

Primeiros momentos na Etiópia

LMC Etiopia

Queridos amigos e amigas, Parti de Portugal no dia 6 de março de 2019. Cheguei à Etiópia no dia 6 de março de 2011. Estou mais novo.

Obrigado a todos e todas pelas manifestações de carinho e de amizade. Nas minhas orações coloco-vos no coração de Deus porque Ele, que nos ama a todos e a cada um de nós, em particular, sabe o que é melhor para cada um de nós. Por isso estou aqui na Etiópia. Porque Ele, que me ama, sabe o que é melhor para mim! Não sei até quando. Sei apenas que estou e cada dia é uma aventura nova, um desejo sincero de viver a missão para onde me enviou. Estou bem! Melhor que isso, estou feliz!

Encontro-me a viver na casa provincial dos MCCJ da Etiópia, em Addis Abeba. Esta vai ser a minha casa nos próximos meses, enquanto estou a aprender o amárico. O amárico é uma língua difícil. Porém, graças a Deus, até agora, ainda não caí na tentação de desânimo. Fortalece-me o desejo de estar próximo das pessoas, de falar com elas, de fazer comunhão. E, sem saber o amárico isso é quase impossível ou mesmo impossível.

Estou apaixonado pela Etiópia. Sei que vou ter momentos difíceis e duros, de dúvida e de desespero. Mas agora estou apaixonado. E quero viver este momento com intensidade, porque é único.

LMC Etiopia

Vivo em comunidade com os MCCJ em Addis Abeba e sinto-me comunidade. Desde o início que fui maravilhosamente recebido. O nosso dia começa com Eucaristia e laudes às 6:30; depois do pequeno almoço, vou para as aulas, que começam às 8:30 e terminam às 12:00 e, após almoçar, início o estudo. Às 18:45 rezamos vésperas e, depois de jantar, por hábito, convivemos um pouco. A nossa casa está quase sempre cheia. Por aqui passam muitos missionários a caminho das suas missões em África. Já tive a oportunidade de conhecer alguns padres e até bispos. Já encontrei histórias lindíssimas e arrepiantes. Quão dura é, por vezes a missão… Mas sempre bela. A nossa vida está nas mãos de Deus.

Tive, já, a oportunidade de estar uns dias em Hawassa com os LMC aqui em missão. Que bonito foi. Até a um bolo tivemos direito, para comemorar a minha chegada. Na formação aprendemos que devemos receber bem os novos LMC. Mas receber essa calorosa receção e carinho é, de facto, extraordinário. Estou grato aos nossos LMC na Etiópia por isso. Em Hawassa durante um passeio de bicicleta, furei as duas rodas. Foi um bom batismo. Este fim de semana participei num retiro dos “Comboni Friends”. Que bonito foi. A celebração da Páscoa, aqui, será uma semana depois da celebração da Páscoa em Portugal. Aproveitando uma semana de férias, irei conhecer a missão com os Gumuz, o povo com quem, se Deus quiser, irei trabalhar. Estou entusiasmado. Depois contar-vos-ei como foi. A todos vós e familiares desejo uma santa Páscoa e não se esqueçam de que Deus vos ama. Estamos juntos no amor de Deus.

LMC Etiopia

Pedro Nacimiento, LMC

Encontro de Formação – “Reler a minha história, organigrama familiar e projeto de vida”

LMC Portugal
LMC Portugal

No passado fim-de-semana de 15 a 17 de março aconteceu mais uma unidade formativa dos leigos missionários Combonianos com  tema: “Reler a minha história, organigrama familiar e projeto de vida”, orientado pela psicóloga Liliane Mendonça.

O encontro marcou inicio na sexta à noite com a chegada e acolhimento de todos os membros, dando tempo para colocar a conversa em dia.

O tema que nos levava a Viseu iniciou no sábado de manhã, após a Eucaristia, estimulando o grupo e o interesse de cada um através de dinâmicas que revelavam algumas particularidades sobre o nosso ser e o da nossa família, aos olhos dos nossos colegas que não nos conheciam assim tão bem. Ao longo da dinâmica, percebemos que mesmo sem conhecer a família conseguimos representar pormenores que se encaixavam completamente na situação em si.

 

Depois dessa descoberta, seguimos para outras dinâmicas que nos fizeram percorrer entre as nossas histórias de vida com as raízes familiares, concluindo a forte ligação e implicação que isso tem no rumo da nossa vida.

Este foi um bom tema para muito diálogo com trocas de experiências, referenciando os momentos da vida que mais marcaram a cada um, dentro das suas famílias e até à previsão do que seria o nosso futuro.

Concluindo, assim, que a nossa família é o nosso sistema e o que recebemos dela também iremos dar nas gerações futuras.

No domingo ainda demos seguimento ao tema e terminamos com um testemunho fantástico da Ana e do Artur Valente, que nos falaram da sua experiência e das suas raízes familiares.

Este foi mais um encontro cheio de riquezas que originou debate, compreensão e sabedoria.

LMC Portugal

Mónica Silva

Encontro dos LMC em Nürnberg

LMC Alemania

A riqueza dos grupos LMC é sua diversidade

Ainda com novo vigor e animados relataram Christoph, P. Günther e Barbara da assembleia geral dos LMC em Roma: Foi muito bom estar presente lá e conhecer os LMC dos outros 19 países/províncias; partilhar, rezar juntos. Descobrir, o que sirva melhor para o futuro desenvolvimento, quais passos são necessários e possíveis. A variedade dos grupos é grande e ao mesmo tempo um desafio como uma riqueza. É maravilhoso manter o contato via WhatsApp. Barbara deu uma primeira informação sobre as propostas da assembleia e o grupo tento verificar os passos/decisões mais importantes para nós.

Peregrinação dos LMC e MCCJ

Br. Hans, P. Günther e Willi informaram sobre as preparações do peregrinação que é planejada para o mês de setembro. Concretizamos as propostas e decidimos pontos principais. Há lugar para 18 pessoas, a inscrição é possível com Willi (CLM) ou P. Günther (MCCJ)- Depois do almoço tivemos tempo para aproveitar o sol brilhando e passear ao redor da lagoa Wörther See.

Africa – Continente de iniciativas pela paz

Dedicamos um bom tempo à continuação do trabalho ligado ao nosso projeto de paz. O próximo passo será a palestra do irmão Hans no Centro da paz em Lindau. Para isso criamos junto a idéia principal e a metodologia. A palestra vai apresentar as valiosas experiências do continente ligado ao trabalho de paz e reconciliação. Os LMC vão contribuir com uma rede „Rede de lugares da paz“. Distribuimos as tarefas para isso.

Dinâmica ligada à globalização

Christoph nos guiou para conhecer melhor a pedagogia participativa ligada aos temas como globalização e paz.

O homem é para a alegria – a alegria é para o homem

No final do dia refletimos com um impulso de Franz von Sales sobre a „alegria da nossa fé“. „A alegria é nossa herança de Deus. Somente ela pode dar felicidade. A alegria tem uma relação tal forte com nosso coração, que ele não poderia estar em paz sem ela. Deus criou a alegria para o nosso bem.“ Esperamos com alegria nosso próximo encontro em maio (dia 3 a 5).

As pessoas interessadas são bem-vindas!

LMC Alemania

LMC Alemánia