Leigos Missionários Combonianos

Saudações a todos desde Anchilo (Nampula-Moçambique)

Tito

Sou Tito, Leigo Missionário Comboniano da Diocese de Balsas Maranhão (Brasil).

Depois de um longo tempo de formação e missão e de espera por causa da Covid, finalmente pude partir para missão ad gentes em Moçambique, na África.

Parti do Brasil no dia 5 e cheguei em Moçambique no dia 7 à noite.

A viagem foi longa e cansativa, mas nada me impedia de continuar para chegar ao meu destino final onde Deus me chamou e enviou para esta missão.

Aqui chegando fui bem acolhido e estou aos poucos conhecendo e me adaptando a esta nova realidade de vida e missão.

Que pela intercessão de São Daniel Comboni o Deus da vida me abençoe com uma linda e abençoada missão.

Rezem por mim, pelo povo moçambicano e pela missão.

Estarei rezando por vocês.

Abraços a todos.

Tito, Leigo Missionário Comboniano.

E como diz o povo Macua, Salama salama Koxukuru Ampwene Muluku.

Caminho à missão

Regimar-y-Valmir

“Sigo assim certa da missão que tenho que cumprir? ” O tempo é estranho, as situações, o inesperado, a pandemia e novas ondas, o não cumprimento das projeções, a mudança, a espera, a expectativa, alegrias e tristezas, começos e recomeços povoam a nossa história humana.

No diálogo entre Jesus, Pedro e André, este último já conhecia o Senhor e até já o tinha anunciado ao seu irmão, se vê encantado e surpresa com o convite do Senhor ” farei de vocês pescadores de homens”. Assim a missão vai se cumprindo.

A África? (Todos perguntam) quando? Chegou, a data, hoje começa nossa jornada rumo a Moçambique. Mas a certeza que temos é que tudo virá do jeito que o Senhor quiser, ou não. É a verdadeira aventura de viver segundo a vontade de Deus. Fácil não é, mas Ele é o meu refúgio e vigor!

Que o Senhor nos dê e renove a cada dia a esperança e a certeza de que “quando fazemos o que Deus quer estamos certos de sermos recompensados no fim de tudo”. Aqui está a lógica do ser cristão, do crer, do viver em Deus e para Deus! Portanto vivemos para Ele, todos os dias e sejamos GRATOS pela vida que pulsa em nós, pelos pequenos milagres do dia a dia e sobretudo pelas oportunidades que nos são apresentadas para amadurecermos humana e espiritualmente. É impossível ouvir o Senhor e não lhe dar uma resposta. “Deixando logo as redes, eles o seguiram”.

Missão é partir porem não significa devorar quilômetros. Como dizia nosso querido Dom Elder Câmara. Missão é deixar Deus conduzir a nossa vida e nossa história, assim como conduziu a vida de são Daniel Comboni e a vida de nossa mãe Maria de Nazaré. Pedimos a intersecção deles para que nossa missão seja guiada pela força divina, contamos com as orações de vocês para juntos cumprir esta missão.

E você, qual ou quais redes precisa deixar? Ou em que você precisa abandonar-se no Senhor?

Sigamos! Deus nos abençoe e nos conduza!

Regimar e Tito, LMC Brasil

GEC em missão

LMC Brasil

Ontem foi celebrada a Missa de Envio de Regimar e Valmir, Leigos Missionários Combonianos (LMC).

O envio aconteceu na comunidade Nossa Senhora Aparecida, no Ipê Amarelo – Contagem-MG.

O casal missionário decidiu partir em missão além-fronteiras quando participava do GEC (Grupo de Espiritualidade Comboniana) de Balsas. Eles viajarão para Moçambique nesta quarta-feira, dia 5 de janeiro.

Continuemos acompanhando esse casal missionário com nossa amizade, oração e partilha. Daniel Comboni, rogai por nós.

LMC Brasil