Tag Archive for Espanha

Comunidade de formação internacional em Portugal: experiência e ilusão

LMC Cristina y Tere

As qualidades de cada uma podem enriquecer a outra

Este tempo que passamos em comunidade, o vivemos como um período de preparação para a missão.

A ruptura com a vida conhecida até agora, trabalho, convívio com os amigos, família, prioridades de uma sociedade de consumo, etc. mudam para chegar a uma sociedade de subsistência. Fazendo-nos repensar o que de facto são prioridades e/ou necessidades de verdade.

Estando sempre focadas, na missão e com olhos fixos em Jesus o nosso planeamento comunitário começa quando nos damos conta da riqueza que temos, a experiência de uma e a ilusão da outra, permitindo-nos ultrapassar os desafios que diariamente somos confrontadas.

Medos, desânimo na aprendizagem da língua, inseguranças de não responder ás expectativas e necessidades da missão, dificuldade de adaptação e todos outros pensamentos que muitas vezes nos assombram, rapidamente são ultrapassados com momentos de respeito mútuo, oração e partilha.

Com a nossa tentativa de entendimento as gargalhadas se fazem presentes, pincelando com muitas cores os nossos corações, de amor e alegria.

Tere Monzon e Cristina Soussa. Comunidade de formação internacional em Portugal

Projecto da Família comboniana com os imigrantes em Almería

LMC España

A comissão da Família comboniana – missionários, missionárias e leigos missionários combonianos – reuniu-se nos dias 14 e 15 de Outubro, na cidade espanhola de Granada, para continuar a dar forma ao projecto de abertura de uma missão como Família missionária em uma área de acampamentos de imigrantes, em San Isidro de Níjar, Almería.

A realidade dos imigrantes ali, na sua maioria africanos, interpela e chama os missionários e as missionárias a dar uma resposta desde a perspectiva do carisma comboniano de “salvar a África com a África”. Apoiamos e encorajamos este modelo de colaboração e rezamos para que esta iniciativa chegue a bom porto. Um agradecimento à comissão pelo empenho e trabalho, sonhando juntos com um novo tipo de presença missionária, em Espanha.

Partilhamos, aqui, um pequeno vídeo de uma das visitas que foi feita aos diferentes acampamentos de imigrantes em San Isidro de Níjar e que mostra bem a realidade que ali se vive.

LMC Espanha

Vida em comunidade

LMC Portugal

Novidades maravilhosas!

Esta semana, na terça-feira, chegou a Portugal a LMC espanhola Tere. Encontra-se a fazer experiência comunitária com a LMC Cristina Sousa em Braga.

Estão as duas a estudar em Braga, embora línguas diferentes: a Tere o português e a Cristina o francês.

Acolhemos a Tere com muita alegria e estamos unidos também a esta comunidade. Rezamos para que nela nasçam frutos que geram vida, “vida em abundância”.

Bem-hajas Tere. Estamos juntos!

LMC PortugalLMC Portugal

Com Maria, peregrinas do Amor

LMC comunidadTal como aquele que se põe a caminho e sai do conforto da sua casa, também nós, mochila às costas e com o coração repleto de certezas e dúvidas, nos pusemos a caminho… Peregrinas, numa estrada que não tem início nem fim, por caminhos já percorridos, outros que jamais percorremos. Avançamos por terrenos descobertos, por solos cheios de história, por ruas cobertas de um amor livre, avançamos com Ele, e plenas de Maria.

Na alma a certeza de que somos eternos peregrinos, de que somos a exemplo de Jesus, simples refugiados em busca de Deus, em busca de plenitude e liberdade…

Partimos e nascemos como comunidade no mês de Maria, no mês do centenário das aparições de Fátima. Sentimo-nos enviadas por Maria. Inspiramo-nos nela, missionária do sim. Procuramos seguir os seus passos. Ser missionário é sentirmo-nos como Maria grávidas de Jesus, é ser sacrários vivos de Jesus, é levar Jesus.

Estamos longe mas sentimo-nos peregrinas do Amor e sentimo-nos a caminhar com todos quantos se reúnem em Fátima festejando a graça e a misericórdia das aparições de Nossa Senhora junto com o Papa. Sentimos que hoje, e em tantos outros dias, Maria aparece no nosso coração revestindo-nos de Graça, Amor e Misericórdia. Todos somos chamados a segui-la. Todos somos chamados a ser missionários, como ela.

Não tenhais medo. Pois achaste graça diante de Deus – disse o anjo a Maria. Deus criando-nos à sua imagem olha-nos constantemente com uma ternura imensurável, encontra em cada um de nós um refúgio para habitar. Chama-nos. Envia continuamente anjos a dizer-nos para não termos medo que Deus achou graça em nós e nos convocou a ser missionários do amor. Nós respondemos-lhe tantas vezes com: Eu? Mas eu, Senhor? Nós, que tantas vezes olhamos para o lado pensando que se enganou. Nós, que tantas vezes ficamos presos nas feridas que temos dentro, nas angústias e nos caminhos que já percorremos, presos nas mágoas e imperfeições que temos e somos. Nós que tantas vezes duvidamos do chamamento de Deus. Impedindo-o de nos chamar. Confiemos. Sejamos como Maria, respondamos que SIM, levemo-lo dentro de nós para onde quer que vamos.

A missão precisa de nós. A missão chama por nós. A missão é difícil mas se vamos juntos, de mãos dadas, unimo-nos a Deus, tornamo-nos instrumento de Deus permitindo que Ele nos ame e trabalhe em nós. Digamos como Maria: “A minha alma glorifica o Senhor e o meu espirito se alegra em Deus meu Salvador”.

Familia Comboniana

Comunidade “Lisanga”

Aitana, David, Neuza e Paula

Nova comunidade de formação em Granada-Espanha (entre LMC de Portugal e Espanha)

Leigos combonianos europeus reunidos em Portugal

Viseu

A assembleia europeia dos Leigos Missionários Combonianos (LMC) está a decorrer de 21 a 27 de Agosto na casa dos Missionários Combonianos, na cidade de Viseu. No encontro estão presentes 74 adultos e 22 crianças, vindos da Alemanha, Áustria, Espanha, Itália, Polónia e Portugal. Participam também os combonianos que seguem os LMC nos seus respectivos países. Foram convidadas duas representantes, uma das irmãs e outra das seculares combonianas. Está a ser uma semana com um denso programa entre oração, reflexão, partilha de experiências e lazer.

Os LMC realizam assembleias europeias de 3 em 3 anos e com estes encontros pretendem assinalar não só um momento de convívio e de alegria mas também dar continuidade à reflexão dos principais temas discutidos nas assembleias anteriores.

O último encontro europeu realizou-se em 2013, em Cracóvia, na Polónia. Deste encontro, resultaram alguns temas que foram considerados prioritários para aprofundar, em grupo e individualmente, a nível dos LMC de cada um dos países da Europa. Os temas relacionados com a vida dos LMC e sobre os quais se irá reflectir e partilhar ao longo da semana são: identidade e vocação, formação, organização e coordenação, economia e sustentabilidade, comunicação e família comboniana.

O objectivo de todo este trabalho é de partilhar o caminho percorrido por cada um dos grupos, em cada um dos temas acima citados. Esta partilha entre os membros dos diversos países ajudará os LMC a sentirem-se cada vez mais unidos na sua vocação missionária.

Neste sentido, os objectivos específicos que se pretendem alcançar no final desta assembleia são:

  • Celebrar a vocação LMC, partindo das características que são comuns a todos os grupos;
  • partilhar as experiências vocacionais feitas pelos membros dos diferentes países, tendo em vista o mútuo conhecimento da vida uns dos outros;
  • reflectir sobre o caminho já realizado tanto na Europa como a nível intercontinental; até onde se pretende ir e o que ainda falta para lá chegar;
  • traçar algumas linhas inspiradoras que ajudem os LMC a caminhar mais unidos e comprometidos a todos os níveis;
  • fortalecer os laços como Movimento LMC Europeu e consolidar o seu sentido de pertença à Família comboniana.

“O encontro não teria sido possível – disse a Paula Ascensão – sem o esforço, a disponibilidade e a dedicação da comunidade de Viseu. Os combonianos abriram-nos as portas e têm-se mostrado sempre disponíveis para a realização da formação e dos encontros dos LMC nos seus edifícios. Quando solicitamos a realização da assembleia europeia dos LMC, em Viseu, não só nos responderam favoravelmente como nos têm vindo a ajudar na organização da mesma. É graças a eles que os LMC portugueses conseguem receber os quase cem LMC da Europa, aqui no nosso País. Estamos-lhes muito agradecidos. E, agora, pedimos a oração a todos os que nos acompanham de longe, para que esta assembleia europeia seja rica e produza muitos frutos.”

Viseu